6.3.07

FERNANDO CORREIA PINA

Saldo Negativo


Dói muito mais arrancar um cabelo a um europeu
        que amputar uma perna, a frio, a um africano.

Passa mais fome um francês com três refeições por dia
        que um sudanês com um rato por semana.

É muito mais doente um alemão com gripe
        que um indiano com lepra.

Sofre muito mais uma americana com caspa
        que uma iraquiana sem leite para os filhos.

É mais perverso cancelar o cartão de crédito a um belga
        que roubar o pão da boca a um tailandês.

É muito mais grave deitar um papel para o chão na Suíça
        que queimar uma floresta inteira no Brasil.

É mais obscena a falta de papel higiénico num lar sueco
        que a de água potável em dez aldeias do Sudão.

É mais inconcebível a escassez de gasolina na Holanda
        que a de insulina nas Honduras.

É mais revoltante um português sem telemóvel
        que um moçambicano sem livros para estudar.

É mais triste uma laranjeira seca num colonato hebreu
        que a demolição de um lar na Palestina.

Traumatiza mais a falta de uma Barbie a uma menina inglesa
        que a visão do assassínio dos país a um menino ugandês

        e isto não são versos; isto são débitos
                numa conta sem provisão do ocidente.

(de Cantos da Língua, livro/disco editado pela ACERT – Associação Cultural e Recreativa de Tondela, 2006)

4 comentários:

Ricardo disse...

e que tal ires actualizando este blog, heim? Vem aqui uma pessoa todos os dias, e o último post já é de dia 6 de Março? Não é justo... Um abração.

Debaixo do Bulcão disse...

Tomei a liberdade de "linkar" este blog em debaixodobulcao.blogspot.com

Não é por nada... é por tudo os dois blogs têm em comum.

Acho que temos alguma coisa...

Tipo, falar de poesia e divulgá-la (lá está...) na rua. Ou não?


António Vitorino

o fogo que a fraga ferra disse...

Magnífico!

prof disse...

holla
rendez vous sur jewisheritage
a bientot
marcel